Archive for agosto \29\UTC 2008

MUDANÇA!!

agosto 29, 2008

Se não coseguimos mudar o mundo, pelo menos, podemos mudar nosssas vidas. A mudança é saudável.

Texto de Clarice Lispector:

 

 

Mude, mas comece devagar. Porque a direção é mais importante que a velocidade.

 

Sente-se em outra cadeira, no outro lado da mesa. Mais tarde, mude de mesa.

 

Coma um pouco menos, escolha comidas diferentes, novos temperos, novas delícias.

 

Tente o novo todo dia. O novo jeito, o novo sabor, o novo amor , a nova vida.

 

Faça novas relações, busque novos amigos.

 

Ame muito, cada vez mais e de modos diferentes.

 

Se você não encontrar razões para ser livre, invente-as. Seja criativo.

 

Experimente coisas novas, troque novamente, mude, de novo, experimente outra vez.

 

O mais importante é a mudança, o movimento o dinamismo, a energia.

 

Só o que está morto não muda.

 

Não faça do hábito um estilo de vida.

 

Ame a novidade.

NADA COMPROVADO!!

agosto 26, 2008

Carla Dualib esteve ontem à noite na Rádio Globo para divulgar o livro “Salvem o Corinthians”.

 

Carla é neta de Alberto Dualib, ex-presidente do Corinthians e ficou por muitos anos no comando do departamento de Marketing do clube.

 

À época foi acusada de se beneficiar financeiramente de alguns contratos de publicidade, algo que nega veementemente, inclusive afirmando que é o Corinthians quem lhe deve dinheiro.

 

No livro Carla Dualib fala muito dos bastidores da malfadada parceria entre Corinthians e MSI, e faz muitas insinuações.

 

Insinua que a atual administração comandada por Andrés Sanches é desonesta e que tem gente levando vantagem financeira no clube.

 

Insinua que Nesi Curi ainda manda no clube, que traiu seu avô, Alberto Dualib e que foi determinante na eleição de Andrés Sanches, através do apoio político.

 

Deixa no ar, que Kia Jorabichian ainda tem influência na gerência do futebol do clube através de investimento financeiro e tráfico de influência na contratação de jogadores.

 

Carla fala também de possíveis “maracutaias” nas categorias de base do clube.

 

Infelizmente são só insinuações. 

 

Nada que Carla escreve no livro é comprovado.

 

É claro que são acusações muito graves e que recaem sobre a nova administração que defende a transparência.

 

No entanto, por mais que se fale nos bastidores, ninguém pode ser considerado culpado, até que se prove o contrário.

 

Quero deixar claro que sou apolítico e que não cabe ao Jornalista defender posições, e sim apurar os fatos corretamente.

 

È o que faço neste momento.

 

Abaixo aos baderneiros !!!

agosto 25, 2008

Pouco mais de 8.000 pessoas viram a goleada palmeirense.

 

A principal torcida organizada do clube, a Mancha Verde, está impedida de entrar nos estádios em virtude das constantes brigas com outras facções, como a TUP, nos arredores do Parque Antarctica.

 

O público foi pequeno, mas pelo menos houve a certeza de que aqueles que compareceram no estádio são pessoas de bem.

 

Ninguém sentiu falta dos baderneiros.

 

Que eles continuem bem longe dos campos de futebol.

 

É claro que não posso generalizar. Acredito que há pessoas boas em meio às organizadas.

 

Infelizmente os bons pagam pelas maças podres.

RIDÍCULO!

agosto 25, 2008

Honestamente não estava muito a fim de falar das Olimpíadas, até porque elas já terminaram.

 

Não sou daqueles que se entusiasmam com os jogos Olímpicos e muito menos entro na onda de alguns de que o Brasil é a pátria das chuteiras, tênis, joelheiras, piscinas, quadras, tatames, etc.

 

No esporte, como na vida é sempre bom ter um pouco de ilusão, mas é fundamental ser realista.

 

E a realidade aponta que nosso país continental terminou as Olimpíadas na vigésima terceira posição, atrás de países como a Etiópia, Quênia e Belarus.

 

È ridículo e constrangedor.

 

É apenas a constatação do fato do que estamos “carecas” de saber. Ao contrário do que dizem alguns políticos que mais parecem “arroz de festa” de tanto que dão entrevistas, nosso país não tem e nunca teve uma política esportiva.

 

Nossas medalhas são frutos de um verdadeiro “milagre’ esportivo graças ao talento de nossa gente.

 

É claro que nesse contexto não estão incluídos o Vôlei e o Futebol masculino.

 

As medalhas na quadra são frutos de uma política de anos financiada por um grande patrocinador, afinal custa dinheiro ser campeão, muito dinheiro. Só talento e competência não são suficientes.

 

O futebol masculino é um caso à parte. Temos os melhores, mas nunca nos preocupamos com a modalidade nos jogos.

 

A Seleção pertence a um único dono que tem interesses outros, financeiros e políticos, muito longe dos desportivos.

 

O futebol feminino também se encaixa na história dos milagres a serem contados. Não podemos em hipótese alguma lamentar a prata brasileira em Pequim, se nem ao menos temos um estrutura mínima de futebol feminino profissional no Brasil.

 

Quanto ao Cielo, nossa admiração e constatação de que a medalha de ouro é fruto de uma preparação de primeiro mundo e no primeiro mundo dos Estados Unidos. Bem longe do Brasil.

 

Maurren Maggi nos enche de orgulho, conseguiu patrocinadores para financiar a preparação, os treinamentos, deu a volta por cima em grande estilo e nos trouxe o ouro mais emocionante das Olimpíadas.

 

Como se vê nada a ver com o incentivo do governo, que deveria se preocupar, não com os esportes de ponta, e muito menos em conquistar medalhas. Não deveria se preocupar em brigar politicamente em trazer as Olimpíadas para o Brasil.

 

A preocupação do governo deveria ser com uma política séria de massificação do esporte nas escolas e na base. Para que todas as crianças tenham a oportunidade de praticar as mais diversas modalidades. Para que através do esporte se transformem em cidadãos, mais importante do que serem atletas.

 

Resolveria um problema social e ao mesmo tempo esportivo e o final da história seria muito mais dourado.

 

 

PEGA FOGO!!

agosto 25, 2008

São cinco pontos que separam o Grêmio, líder do campeonato, para o Palmeiras, vice líder, na tabela de classificação.

 

O que significa que o campeonato está em aberto.

 

Cruzeiro, Botafogo, São Paulo, Vitória, Flamengo e Coritiba, matematicamente ainda estão na briga.

 

È um pecado que o Internacional não esteja na ponta de cima. È no papel um dos melhores times do campeonato, mas talvez tenha se armado tarde demais. Quem sabe ainda possa brigar por uma vaga na Libertadores?

 

Na parte de baixo a briga continua intensa.

 

O Fluminense tem mostrado poder de reação sob o comando de Cuca.

 

O Santos sobrevive no comando de Marcio Fernandes.

 

O Atlético Mineiro deu um salto depois que Marcelo Oliveira efetivou-se no cargo.

 

É a prova que a mudança de comando às vezes se faz necessária, embora a cartilha da boa administração do futebol diga ao contrário.

 

Como a diferença do Atlético Paranaense, também sob a nova direção de Mário Sérgio, o primeiro clube fora da zona do rebaixamento para o Ipatinga, sob o novo comando de Marcio Bitencourt, lanterna do campeonato, é de apenas três pontos, tudo pode acontecer, e nada está definido na zona da degola.

 

As próximas rodadas serão pode demais emocionantes no campeonato mais equilibrado dos últimos anos.

 

A começar pela próxima onde o Botafogo numa reação impressionante enfrenta o desesperado Náutico no Engenhão.  

 

O Vitória que se mantém na briga pelo menos pela Libertadores recebe o lanterna Ipatinga.

 

O Goiás faz no Serra Dourada um jogo de equipes em decadência contra o Figueirense.

 

O líder Grêmio recebe o Vasco que reage nas mãos de Titã, em Porto Alegre.

 

O Atlético Paranaense recebe o Palmeiras irregular fora de casa, em Curitiba.

 

Sport e Internacional fazem um jogo de equipes intermediárias na tabela de classificação no Recife.

 

São Paulo e Santos fazem um grande clássico no Morumbi.

 

A Portuguesa vai estrear novo técnico contra o Atlético Mineiro no Canindé.

 

Flamengo e Fluminense fazem um clássico de arrepiar no Maracanã.

 

E o Cruzeiro tenta a reabilitação contra o Coritiba no Mineirão.

 

Sobre Grêmio e Palmeiras, líder e vice do campeonato algumas observações:

 

O Grêmio é um time competitivo e ponto. Nada, além disso. Longe de ser um time extraordinário, ou acima da média. È claro que tem méritos por liderar a competição, mas terá dificuldades para manter a posição até o fim.

 

O Palmeiras, do meio campo pra frente, tem mais qualidade do que o Grêmio, mas precisa urgentemente corrigir os erros da defesa, e melhorar o retrospecto fora de casa para brigar pelo título.

 

E o Botafogo está chegando, pode ser a grande surpresa, no fim da competição.

 

 

 

Estevan Soares é o novo técnico da Lusa.

agosto 25, 2008

Poucas horas depois de demitir Valdir Espinosa, que não suportou a derrota por 4 a 2 para o Palmeiras, na tarde deste domingo, a diretoria da Portuguesa anunciou a contratação de Estevam Soares para comandar a equipe no restante do Campeonato Brasileiro.

 

O time rubro-verde paulista ocupa a 18ª posição na tabela, com 22 pontos, e teme retornar à Série B.

 

O último clube de Estevam foi o Al-Ittihad, da Arábia Saudita. O treinador de 52 anos já dirigiu várias equipes no futebol brasileiro, e a principal delas foi o Palmeiras.

 

Se a demissão de Vagner Benazzi e conseqüentemente a contratação de Valdir Espinosa foram um equívoco, o acordo com Estevan Soares é sinal de que a Lusa pode se recuperar.

 

Conheço Estevan há tempos, desde a época do Guarani e da Ponte Preta. È técnico dos mais competentes entende do riscado e tem personalidade, além de excelente caráter.

 

 Se aceitou o desafio é porque confia em sua própria capacidade. 

 

Tenho convicção que sob o comando de Estevan Soares a Portuguesa permanecerá na primeira divisão.

 

SALVEM O CORINTHIANS!!

agosto 24, 2008

É o título do livro de Carla Dualib, neta de Alberto Dualib, ex presidente do Corinthians, o qual dizem, eu ainda não li, conta muita sujeira dos bastidores corintianos.

 

 

Paulinho deu a lista em seu blog:

 

Valença, Suarez, William, André Santos, Alessandro, Perdigão, Marcel, Rafinha, Lima, Acosta, Herrera, Careca, Bebeto, Elias, Wellington Saci, Eduardo Ramos, Douglas, Diogo Rincón, Denis, Alves, Morais, Bovio, Chicão, Carlos Alberto, Pablo, Almeida e Otacílio Neto.

Foram 28 contratações para a temporada. Paulinho esqueceu-se de Fabinho

 

Em minha opinião o Corinthians acertou a mão com Chicão, Willian, André Santos, Douglas e Fabinho.

 

Não é à toa que o time de Mano Menezes tem jogado bolinha na série B, o suficiente é bem verdade para o time liderar o campeonato, tendo em vista à péssima qualidade da competição.

 

È bom pensar urgente na próxima temporada. Disputar a série A com esse elenco significará a quase certeza de voltar à segundona.

 

É só analisar com calma jogador por jogador.

 

Felipe, remanescente da temporada do rebaixamento é muito bom goleiro, mas há tempos dá a impressão de que não está satisfeito no Parque São Jorge.

 

Na lateral direita apesar de Alessandro e Dênis serem jogadores da posição, o limitado e improvisado Carlos Alberto é o único que consegue se firmar como titular.

 

Entre os zagueiros, Suarez e Valença já foram embora sem ao menos serem aproveitados. O chileno Suarez até teve poucas chances, mas esbarrou na má vontade de Mano Menezes em aproveitá-lo.

 

Perdigão, Marcel, Lima, Rafinha, e Bóvio fazem parte de um grupo de jogadores que jamais deveriam, em condições normais vestir a camisa do Corinthians.

 

 

Acosta foi o pior custo benefício dos últimos tempos.

 

Herrera teve bons momentos na Copa do Brasil, mas na série B, voltou a ser o Herrera de sempre. Só tem raça e mais nada.

 

Elias, Eduardo Ramos e Wellinton Saci, são jogadores apenas medianos, que servem para compor o elenco, mas efetivamente resolvem pouca coisa, ou quase nada.

 

Careca, Bebeto, Pablo, Almeida e Alves, são contratações inexplicáveis. Ao que parece Careca tem potencial, mas é preciso observá-lo mais vezes.

 

Por fim, Morais e Otacílio Neto, em tese contratações acertadas pelo que demonstraram em outros clubes. Morais é habilidoso, e tem bola pra ser titular. Otacílio Neto é forte, tem chute potente e sabe fazer gols, é melhor do que Herrera.

 

É claro, deixei por último os pratas da casa. Dentinho tem muita qualidade. È jogador diferenciado e com personalidade, com o tempo, se não for negociado antes, será um grande jogador e ídolo do Corinthians.

 

Lulinha é uma mentira mal contada. Não joga nada, e dificilmente jogará.

 

Alguém deveria responder pelas contratações equivocadas e explicar o planejamento, se é que existe algum, para a próxima temporada.

Pitacos da Rodada!

agosto 24, 2008

Verdão x Lusa:

 

O Palmeiras “atropelou” a Portuguesa, 4×2, e continua na briga pelo título do Brasileirão, agora na vice-liderança. A defesa palmeirense ainda inspira cuidados, mas melhorou com a entrada de Gustavo por conta da contusão de Fabinho Capixaba. O posicionamento com três zagueiros pode ser a solução, embora Luxemburgo não goste do sistema.

 

A Portuguesa não tem time para estar onde está. A crise técnica passa diretamente pela postura de Valdir Espinosa, um treinador pouco efetivo. O tempo mostrou que a demissão de Benazzi foi um grande equívoco. Aposto que já tem gente no Canindé pensando na recontratação de Benazzi para livrar a Lusa do rebaixamento.

 

Coxa x Tricolor.

 

São Paulo e Coritiba fizeram um jogo absolutamente equilibrado e o empate de 2×2 foi justo. Os dois times priorizaram a marcação e esquemas semelhantes. O tricolor paulista tomou dois gols em desatenção da defesa são paulina e conseqüente perspicácia dos atacantes do Coxa.  O Sampa por sua vez chegou aos gols em cruzamentos na área e gols de cabeça, a jogada forte do time de Muricy.

No Coritiba Dorival Junior faz um excelente trabalho pelo time que tem em mãos. Já o São Paulo carece de um pouco mais de brilho e qualidade técnica. Alguém que efetivamente faça a diferença.

 

Peixe x Cruzeiro.

 

Ótima vitória do Santos, 2×0, depois de cinco jogos sem vitórias. Na Quinta passada, conversei bastante com Márcio Fernandes, treinador do Peixe. Ele está há sete anos no clube e conhece bem os problemas santistas. Confia bastante na própria capacidade e tem a certeza que irá livrar o peixe do rebaixamento. A vitória por 2×0 sobre o Cruzeiro, um dos melhores times do campeonato, mostra que o Santos tem condições de sair da situação complicada na competição.

 

Inter x Mengo.

 

Falha dos goleiros e empate de 1×1 ruim para ambas as equipes. No papel o Inter tem um time acima da média, mas já perdeu muitos pontos no campeonato. Será muito difícil conseguir a recuperação em tempo de brigar pelo título.

 

O Flamengo tem mais possibilidades de ainda brigar pelo título, mas precisará vencer dentro e fora de casa para voltar para a briga.

 

Em Ipatinga um péssimo resultado para o Goiás, derrota 1×0. Os pontos perdidos para o lanterna do campeonato são irrecuperáveis.O Goiás ainda corre riscos de ser rebaixado.

 

Foram os jogos da quatro da tarde. Mais tarde falo das outras partidas.

 

ORAÇÃO DO RADIALISTA!!

agosto 21, 2008

Senhor, faça deste microfone

um condutor da verdade.
Mantenha-me firme e sereno

para equilibrar o meu senso de justiça.
Direcione o meu conhecimento para

produzir faíscas de esperança.
Não permita que me perca pelos

caminhos distantes da razão.
Jamais deixe algum sentimento

distorcer a essência do que precisa ser dito.
Senhor, ilumine as minhas palavras para que

elas carreguem alento.Conceda-me

sabedoria para falar e bastante

paciência para saber ouvir.
Inspira-me com bons pensamentos

e que eu defenda apenas o que acredito.
Senhor, mantenha-me seguro todos os dias

na sinuosa pista da humildade. Que a

minha voz se faça ouvir sem frieza nem

sensacionalismo. Livra-me da arrogância,

do medo, da vaidade e da indiferença.
Evite que usem indevidamente a minha voz

para prejudicar alguém.Faça de mim porta

voz da cidadania, da credibilidade e da isenção.
Senhor, impeça que eu induza a pré-julgamentos

ou a condenações. Corrija o meu excesso

de individualidade e me torne mais flexível.

Dá-me firmeza para eu não escorregar

nas armadilhas da palavra. Senhor,

proteja minhas cordas vocais,ferramenta

do meu ganha pão. Proteja,Senhor,

a todos os meus ouvintes,razão do meu trabalho.

 

FAMÍLIA!

agosto 21, 2008

O que seria do ser humano não fosse à  família. Os entes queridos. As pessoas que amamos e que sempre estão do nosso lado quando realmente precisamos. Pessoas que mesmo à distância são  como se vivessem com a gente, e na verdade vivem dentro de nosso coração.

 

Quero mandar um grande beijo para o meu tio querido Aurélio Cereto, que mora há anos em Porto Alegre. È o gaúcho mais paulista que conheço, pois, faz questão de dizer que não torce nem para o Internacional e nem para o Grêmio. O coração do tio Aurélio é corintiano e graças a Deus continua batendo cada vez mais forte.

 

Tio, obrigado pelo carinho e que Deus abençoe a toda nossa família. Beijo grande pra todos, pra tia Teresinha, pro Lelo, pro Pliu, e pras netinhas também.

 

Esqueci de dizer que meu tio é vovô coruja.