UM TIME DE ESCOLA PARTICULAR!

O amigo Mauricio Noriega no Arena Sportv fez  a seguinte analogia em relação ao time do Corinthians na série B do campeonato Brasileiro.

 

 O time corintiano é um aluno de escola particular estudando em escola pública.

 

Nenhum preconceito aos alunos da escola pública.

 

É só uma triste constatação de que o ensino privado é muito melhor do que o público.

 

Conseqüentemente em nosso país quem tem mais dinheiro para pagar escola tem mais chance de se dar bem na vida e conseguir melhores oportunidades.

 

É claro que há exceções que só confirmam a regra.

 

Reflexões sociais à parte voltemos ao time do Corinthians.

 

Não por acaso a equipe de Mano Menezes sobra na série B, com o título praticamente garantido com 12 rodadas de antecedência.

 

É só analisar a folha de pagamento e a qualidade individual dos jogadores, o que sugere a discussão pertinente se o time do Corinthians da série B teria sucesso na série A.

 

É bom dizer que o time do Corinthians foi depurado durante a temporada.

 

A equipe é bem diferente daquela que começou o campeonato paulista em Janeiro com Perdigão, Marcel, Lima Finazzi, e cia.

 

O time de agora tem qualidade.

 

O goleiro é dos melhores e a defesa é segura.

 

Se olharmos atentamente para a série A encontraremos poucos jogadores melhores do que Felipe, Chicão, Willian, e André Santos.

 

Nas meias, jogadores de muita técnica como Morais e Douglas.

 

Há tempos que uma equipe não tinha dois meias de tanta qualidade.

 

Talvez o que falte ao time corintiano seja um lateral direito de mais peso, um bom volante e dois bons atacantes.

 

Sobretudo um centro avante top de linha que possa fazer a diferença.

 

De todo modo, se ninguém for negociado, a base já está montada e faltarão apenas algumas poucas contratações para que o time seja forte o suficiente para corresponder ao projeto da diretoria que é a classificação para a Libertadores de 2010, ano do centenário do clube.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Anúncios

2 Respostas to “UM TIME DE ESCOLA PARTICULAR!”

  1. Joao Luis Amaral Says:

    Concordo, Cereto! A analogia (apesar de a realidade ser trágica) das escolas públicas versus privadas é perfeita.
    Particularmente, eu gosto do futebol que o Alessandro tem mostrado na direita e não acharia ruim ter o Carlos Alberto como ‘highlander-backup’, caso precise (pq, o que esse cara corre é um absurdo).
    Sem dúvida faltam atacantes, aquele ‘homem-gol’, como fazia muito bem o Evair no Palmeiras…
    Mas o principal, para mim, é a qualidade do BANCO do Corinthians, ou seja, a capacidade de repor peças SEM que a qualidade do time caia tanto… isso sim fará grande falta num campeonato de regularidade…
    Grande abraço,
    Joao Luis Amaral

  2. Thiago Says:

    SECRETÁRIO MUNICIPAL INSISTE NA CANDIDATURA DO MORUMBI:
    (do globoesporte.com)

    São Paulo não admite perder a abertura da Copa do Mundo de 2014

    Secretário Municipal de Esporte não imagina a primeira partida da competição em outro lugar que não seja a capital paulista

    Fabrício Costa
    Rio de Janeiro

    Certo de que São Paulo não só vai ser uma das sedes da Copa do Mundo de 2014 como vai receber a abertura da competição, o secretário Municipal de Esporte, Walter Feldman, estava otimista após uma reunião de 1h30m com membros da Fifa e do Comitê Organizador do Mundial, nesta terça-feira, num seminário no Rio de Janeiro.

    – Ainda temos que adequar o Morumbi a algumas exigências da Fifa, mas não dá para imaginar que São Paulo ficará sem a cerimônia de abertura – pondera.

    De acordo com o representante da candidatura paulista, a Copa de 2014 vai servir para acelerar os investimentos que já eram para terem sido feitos pelo Tricolor Paulista. Em relação ao custo das obras no Morumbi, elas serão bancadas exclusivamente por parceiros do clube, sem participação do poder público.

    – Os clubes brasileiros precisam se modernizar para entrar em competição com os times de outros países como Espanha e Itália. E o São Paulo entendeu que é preciso encampar esse processo de modernização – afirma Walter Feldman.

    Segundo o secretário, não será preciso fazer uma reforma profunda no Morumbi, apenas pequenos ajustes.

    – Faremos uma reforma razoável, não uma destruição seguida de construção como vimos, por exemplo, em Portugal e na Holanda. A capacidade vai ser aumentada de 62 mil para 69 mil torcedores – compara o político, que não descarta a utilização de outros estádios para os jogos de menor apelo.

    Para o arquiteto responsável pelas reformas no Morumbi, Ruy Ohtake, o estádio está 86% pronto para receber os jogos da Copa do Mundo de 2014.

    – Temos que aumentar a área dos jornalistas para 4 mil profissionais e a tribuna de honra para 500 membros da Fifa. Vamos também ampliar o estacionamento em 3 mil vagas e construir uma cobertura metálica e semitransparente, apesar de não haver esta última exigência por parte da Fifa – diz Ohtake, para em seguida estimar as obras em até R$ 300 milhões.

    PERGUNTAS:

    1 – POR QUE O SECRETÁRIO MUNICIPAL DE ESPORTE INSISTE NESSA CANDIDATURA, QUANDO É MAIS QUE SABIDO QUE O MORUMBI TEM PROBLEMAS INSANÁVEIS DE ESTRUTURA, E QUE É IMPOSSÍVEL ADEQUÁ-LO ÀS EXIGÊNCIAS DA FIFA?

    2 – POR QUE O SECRETÁRIO SE CONTENTA EM REALIZAR A ABERTURA DA COPA, QUANDO O MAIS NATURAL SERIA A CIDADE DE SÃO PAULO REIVINDICAR A REALIZAÇÃO DA FINAL DA COPA?

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: