Archive for novembro \28\UTC 2008

QUAL A SELEÇÃO DO CAMPEONATO BRASILEIRO?

novembro 28, 2008

A Seleção do campeonato já foi escolhida pelos jornalistas. Saberemos qual é no dia 08 de Dezembro na festa de premiação da CBF.

 

Eis a minha Seleção:

 

Rogério Ceni do São Paulo, Leonardo Moura, do Flamengo, Miranda do São Paulo, Thiago Silva do Fluminense e Leandro do Palmeiras.  Hernanes do São Paulo, Ramires do Cruzeiro, Tcheco do Grêmio, e Alex do Internacional. Kleber do Palmeiras e Kleber Pereira do Santos.

 

Revelação : Keirrisson do Coritiba.

 

Craque do campeonato: Alex do Internacional.

 

Melhor árbitro: Leandro Vuaden.

 

Dos jogos que acompanhei in loco, e assisti pela televisão, foi o melhor que vi.

 

E para vocês? Qual a Seleção do Campeonato Brasileiro?

Anúncios

DUNGA, FELIZ OU ZANGADO?

novembro 28, 2008

 

 

Quero dizer que nas últimas entrevistas, e trabalhei na cobertura do jogo da Seleção contra Portugal, tenho achado Dunga um pouco mais simpático, menos ranzinza. Mais parecido com o Feliz do que com o Zangado. Além do que a última impressão é a que fica, e a goleada com direito a chocolate sobre Portugal fecha o ano com a garantia de menos pressão sobre o treinador da Seleção.  

 

Isso posto, quero me ater a duas entrevistas que Dunga concedeu ao programa Arena Sportv, sempre apresentado com brilhantismo pelo amigo Cleber Machado. Por coincidência, nas duas entrevistas, estava presente na mesa de debates e prestei muita atenção nas respostas do “professor”.

 

Confesso que fiquei com a impressão de que Dunga tem muito pouco a dizer, e não estou me referindo aos irritantes erros de português. Falo sobre os aspectos táticos e técnicos da profissão.

 

Então como se explica uma atuação brilhante como aquela contra Portugal? Fiz a pergunta, e ele mesmo não tem a resposta.

 

Falou de grama, de bola, de avião, de viagem, de treino, de cansaço, enfim falou de tudo, menos do que interessava na questão.  

 

Imagino que a goleada sobre Portugal foi um acidente, uma exceção, promovida por jogadores motivados em não serem derrotados pelos companheiros de Europa, e não deixar que Cristiano Ronaldo deitasse e rolasse em solo brasileiro.

 

Tomara nossos jogadores tenham outros motivos para se motivarem e promoverem outros espetáculos.

 

Tomara esteja errado com relação aos conceitos e a capacidade profissional de Dunga.

 

Tomara cheguemos à Copa do Mundo com um técnico confiável.

DENTINHO ESTÁ À VENDA.

novembro 28, 2008

O Corinthians não terá Dentinho no início da temporada de 2009.
Para não criar atrito com a CBF, o clube optou por não tentar a liberação de seu principal atacante da convocação para a seleção sub-20 que disputará o Sul-Americano da categoria, na Venezuela, a partir de 19 de janeiro.

Se o Brasil for finalista do torneio, o Corinthians ficará sem Dentinho até pelo menos o dia 9 de fevereiro. Nesse caso, o artilheiro do time em 2008, com 24 gols, ficaria fora das seis primeiras rodadas do Campeonato Paulista e só poderia estrear no dia 11, contra o Mogi Mirim.

 

Não há explicação que me convença, para que o Corinthians abra mão de um de seus principais jogadores durante parte de um campeonato que embora menos importante, devido à rivalidade regional, já haverá forte cobrança por parte da torcida pela conquista do título.

 

Só posso imaginar o óbvio: O Corinthians torce para que algum olheiro ou empresário, e são muitos em competições de categorias de base, possa observar Dentinho, para que o clube de Parque São Jorge tenha condições de fazer dinheiro com um de seus principais jogadores.

 

Não foi o presidente que disse que faria o possível e o impossível para não vender nenhum jogador, pelo menos até o meio do ano que vem?

 

Seria melhor falar a verdade, não enganar a torcida com falsas promessas de contratações como Ronaldinho, por exemplo, e colocar uma placa de vende-se no Parque São Jorge.

 

DE OLHO NO APITO!!

novembro 27, 2008

Carlos Eugênio Simon, árbitro pré-escolhido para apitar a próxima Copa do Mundo, errou contra o Flamengo no jogo contra o Cruzeiro ao não marcar um pênalti em Diego Tardelli, e como castigo da comissão de arbitragem da CBF vai trabalhar no jogo do Corinthians na série B.

 

Há rodadas atrás Leandro Vuaden, considerado o árbitro da moda, errou contra o Fluminense e pegou uma “geladeira” da comissão de arbitragem.

 

Coincidência nos dois casos, os erros contra equipes cariocas, que costumam revoltar mais os dirigentes da CBF do que erros contra clubes de outros estados.

 

Sou contra punições e geladeiras, a não ser que se prove a intenção do árbitro em questão, em prejudicar fulano ou cicrano.

 

Ou se confia na capacidade técnica e honestidade do profissional, ou então o afasta de vez do quadro de arbitragem.

 

Enquanto isso, o atrapalhado Heber Roberto Lopes vai apitar o jogo do título entre São Paulo e Fluminense.

 

Qual o critério?

COLORADO DE GLÓRIAS MIL…

novembro 27, 2008

– Na maioria das partidas, ele corre por nós. Hoje (ontem), corremos por ele – afirmou Bolívar.

 

O zagueiro do Internacional se refere à Ginazu, volante do colorado expulso, logo aos 26 minutos do primeiro tempo.

 

A frase reflete o que é o espírito do Internacional. Um time com muita qualidade técnica, com o trio ofensivo, Alex, Dalessandro e Nilmar. Uma defesa sólida com Álvaro, índio, Bolívar, Edinho e Marcão. E acima de tudo, um grupo fechado, capaz de mesmo na casa do adversário fazer o milagre da multiplicação dos jogadores, e com um jogador a menos, correr como nunca pelo companheiro ausente.

 

É de se lamentar mais uma vez que o Internacional não esteja na briga pelo título brasileiro.

 

É de se comemorar que o Inter esteja muito próximo de conseguir mais um título Internacional, assim como o nome do clube sugere, um time além das fronteiras.

 

Tomara a possível conquista da sul-americana por parte dos colorados sirva para dar um gostinho de inveja nos outros times brasileiros que por muitas vezes desdenharam da competição. 

 

Que a conquista sirva de exemplo que independentemente de uma premiação desportiva, uma possível vaga para a Libertadores, por exemplo, título é sempre título e muito gostoso de ser conquistado.  

VERGONHA!

novembro 25, 2008

Duzentos e cinqüenta milhões para demolir e construir uma nova Fonte Nova, estádio da tragédia do ano passado, da qual ainda não se puniram os culpados.

 

Cinqüenta e cinco milhões para reformar o estádio do Bezerrão, dito de primeiro mundo, e que recentemente recebeu Brasil e Portugal ao custo de 11 milhões de reais.

 

Pelo visto, em época de crise da economia mundial, uma crise sem precedentes, e que já trás reflexos no mundo inteiro, há dinheiro sobrando no Brasil, e dinheiro como sempre mal utilizado. Para quem não esteve em Brasília, o tal do estádio do Bezerrão, guardado os devidos exageros, nada mais é do que uma fazendinha melhorada.  Isso posto, onde é que enfiaram os 55 milhões de reais.?

 

Tenho tido cada vez mais vergonha de ser brasileiro e, sobretudo Jornalista esportivo. O povo infelizmente é só um detalhe.

 

UM DOS SEGREDOS DO SÃO PAULO.

novembro 25, 2008

Quem levantou a lebre foi o amigo André Rizek. A era dos volantes brucutus, como dizia Cilinho, aqueles que só serviam como cães de guarda já é coisa do passado.

 

O atual campeonato Brasileiro é um grande exemplo. Ramires, Rafael Carioca, Pierre, Jean, Hernanes, Ibson, só pra citar alguns. Volantes que sabem marcar, desarmar, e ao mesmo tempo, tem qualidade suficiente no passe para dar início às jogadas na saída de bola e muitas vezes se arriscarem como autênticos meias na armação das jogadas.

 

Como o São Paulo é o campeão brasileiro, todos os olhares de maneira merecida estão voltados para o time de Muricy Ramalho. Um técnico que enxergou há dois anos que Hernanes, atacante e lateral no Santo André, só seria acima da média se jogasse como volante. Esse é o mérito do técnico, entender melhor as características de cada jogador e colocá-las em prática, no quebra cabeças de um time de futebol.  

Hernanes já era bom o ano passado ao lado de Richarlyson. Outro jogador que tem qualidade para fazer mais de uma função. No ano anterior a dupla são paulina era formada por Mineiro e Josué. Um era o pulmão e o outro o motorzinho do time.

 

He tempos o futebol mudou de característica. A forte marcação com a tal das linhas de quatro, fazem com que os meias e atacante fiquem “afogados”.  O jeito então é usar da criatividade para achar espaço pelas pontas e laterais e cada vez mais melhorar a qualidade na saída de bola e na armação das jogadas vindas de trás.

 

Nesse caso, os volantes têm papel decisivo. Um dos segredos do São Paulo campeão.

CARTA DE UM CORINTIANO 2.

novembro 14, 2008

Como Corintiano, entendo alguns pontos citados no texto do Danilo, apesar de não concordar com muitos.

Há torcedores que sentiram a queda para a B como se tivessem perdido um ente querido, foram totalmente emocionais.

 

Outros, no entanto, encararam com mais frieza e, quem sabe, com uma ponta de esperança de que, a partir da queda, as coisas finalmente mudariam.

 

Esses são os racionais.

Você tem tido o (des)prazer dos meus comentários há algum tempo e sabe que me encaixo no segundo grupo…

Houve, sim, bons resultados: o Timão subiu, ganhou o título, não passou apuros.

 

Foi tranqüilo.

 

COMO foi feito?

 

 Aí é outra história e, infelizmente, não cabe, a mim, julgar sem provas.

O clube adquiriu jogadores na mesma proporção que eu compro tomates na feira: a quilo.

 

Estratégia correta?

 

Não acho, mas quando peneiraram, o excesso foi descartado e os melhores ficaram.

 

Poderiam ter tido FOCO e negociado apenas com o que prestam…

Perdigão?

 

Concordo, é uma brincadeira o que ele apresentou…

Lulinha?

 

Não vi jogar o futebol que FALAM que ele tem, mas é esforçado.

Herrera?

 

Também esforçado muitas vezes sua correria na saída de bola fez o adversário se perder… Eu o manteria.

André Santos: precisa jogar sem se preocupar com holofotes. Quando começam a falar bem demais dele, cai de produtividade.

Elias e Christian: finalmente dois volantes com qualidade, como há muito não via no time.

Douglas e Morais: têm tudo para fazer um excelente campeonato em 2009.

Carlos Alberto: uma boa opção de banco, tanto no meio como na lateral.

Felipe: honestamente, não gosto. Prefiro o J.Cesar.

Dentinho: cisca, cisca e perde a bola. De vez em quando, tem um ‘lampejo’ e faz uma bela jogada. Precisa parar de ciscar e se concentrar no jogo ‘simples’.

Mano: fez um bom trabalho, quero ver como se sairá na Série A.

 

Se tem algo a ver com empresários, quem tiver provas que leve à Justiça, o que seria corretíssimo.

 

Eu não tenho nem sei nada, sou apenas um torcedor comum.

 

Há profissionais competentes para agir nesses casos… Espero que, se necessário, façam seus trabalhos.

Quanto à camisa roxa, confesso, até comprei uma.

 

Esse negócio de tradição, para mim, é retrógrado e só faz atrapalhar a evolução dos conceitos e valores do time.

 

Sou Corintiano ROXO mesmo!

 

Preto e branco são as cores do meu time, mas eu sou TORCEDOR.

 

 E acho bacana demais a torcida borrifada de roxo.

 

Um time que se renova, que cria, se movimenta para aumentar cada vez mais sua torcida!

Em resumo: existem problemas? Sim, vários!

 

Há contravenções?

 

Pelo que leio em notícias e blogs, há.

 

Como resolvê-las?

 

Não tenho a mais pífia idéia.

 

Estou feliz com o time?

 

Estou, mas sempre tem como melhorar.

 

Faria ajustes no elenco?

 

Sem dúvida.

 

Venderia jogadores?

 

Sem pestanejar.

 

Investiria seriamente na base?

 

Começaria ONTEM.

Mas, volto a dizer, sou apenas um torcedor comum, não concordo com muitos dos pontos colocados no texto, mas entendo o ponto de vista.

Grande abraço,
João Luis Amaral.

CARTA DE UM CORINTIANO.

novembro 13, 2008

A carta foi escrita pelo irmão e uma grande amiga.  

Fiquei quieto uns dias…só me comunicaria após o acesso.
O acesso….grande merda!!! obrigação.

Não tem o que comemorar.

Felipe se jogando nos Gaviões???

Tinha que se jogar em cima do Enilton na final da Copa do Brasil isso sim.

Ridículo.

Festinha medíocre com música de Roberto Carlos.

Festa nossa tem que ter musica dos Racionais , Zeca Pagodinho , Beth…e por aí vai.

Roberto Carlos é coisa de Bambi.

Vamo lá:

Herrera,Dentinho,Carlos Alberto,Cristian,podem ir embora todos esses.

Moraes é bom de bola mas precisa de musculação.

Lulinha não vale a pena nem citar.

O Perdigão, dizem que é pra animar o grupo – contrata o Ary Toledo então porra,pelo menos tem cabelo de homem.

Chicão pra mim foi o melhor, depois dele Elias(Ezequiel com mais qualidade)Douglas também é muito bom.

Mano Menezes…não sei ainda viu…aqui não é o Grêmio que faz um a zero e se esconde atrás , toma sufoco e fica esperando um gol de contra ataque ou bola parada.

Aqui é Corinthians e às vezes parece que ele ainda não entendeu isso.

Mas vale dar um crédito pro ano que vem

Espero que contrate logo o Escudero.

Bom de bola!

Fez gol e bateu nos porco – já está aprovado.

Andre Santos se quiser pode ir.

Pra mim jogadorzinho normal.

O Kleber do Santos dá de 10 nele, e fala bem menos.

É isso , não fiquei nem um pouco feliz no sábado.

Não derramei nem uma lágrima(prometi em  Porto Alegre que não choro mais) fiquei assistindo um monte de gente querendo ficar mais feliz do que estava , forçando choro pra aparecer na televisão …80% só foram naquele jogo nos últimos anos.

Mas tem uma coisa que não sei se você percebeu…

Olha que papelão:

Ergueram um bandeirão com os dizeres ‘preto e branco é tradição’.

Até aí tudo bem,ótimo aliás, porque essa historia de camisa roxa é a coisa mais absurda que já vi.

O problema é que embaixo do bandeirão tinha um monte de mané de camisa roxa…ou seja , nego nem sabia o que tava escrito ali , nem sabia o que tava fazendo ali. Ridículo!!

Outra coisa , pro ano que vem tem que trocar o diretor de futebol.

Onde já se viu um diretor de uma empresa ficar chorando em entrevista,dizer que o Mano é o cara mais honesto que já viu no mundo e ainda criar uma camisa ‘sou mano do mano’???

Puxa saco de treinador agora???

Ele é chefe do cara irmão , os papeis estão se invertendo???

Ele que paga um salário astronômico pro Mano e ainda fica puxando o saco??

O Mano é que tinha que puxar o saco dele!!

O rabo está abanando o cachorro no Corinthians!

Emprestar R$600.000 de empresário e dizer que é normal??? Tem treta aí.

R$600.000 a gente dá de renda em quase todo jogo no Pacaembu.

 E o tal de Saci custa R$600.000 em 6 meses só de empréstimo??

O passe dele então vale mais que o do Cristiano Ronaldo!!

Tem    boi na linha com esses jogadores do Mano com o empresário.

Firmeza , vamos ver  2009.

O fato é que está todo mundo com medo do Coringão ,porque se manter a base e contratar 2 atacantes vai ficar pequeno pra “nóis” ano que vem.

DANILO SILVEIRA.

SÃO PAULO OU GRÊMIO?

novembro 10, 2008

No campeonato onde as aparências enganam trabalhei em dois jogos neste fim de semana.

 

No Sábado no Canindé presenciei um dos maiores jogos dos últimos tempos em termos de emoção.

 

As aparências que às vezes enganam, mostram que se o São Paulo jogar como jogou, dificilmente deixará de ser o campeão brasileiro, com uma campanha para ser lembrada para a história, tendo em vista a recuperação do time de Muricy Ramalho.

 

Por falar em Muricy e só pra contrariar meu amigo Deva, quem é o grande craque são-paulino?

 

Se a resposta for o conjunto e provavelmente  será, todos os méritos são de Muricy Ramalho, que quando teve tempo para treinar o time, o que mais gosta de fazer, conseguiu encontrar a melhor formação, com os ótimos volantes Jean, um achado, e Hernanes, acima da média.

 

Além do que Dagoberto e Borges voltaram a jogar o fino da bola e ajudam a fazer a diferença.

 

Voltando às aparências.

 

Se a Portuguesa jogar como jogou contra o São Paulo, dificilmente será rebaixada, em que pese nesse momento a Lusa encontrar-se na zona de rebaixamento.

 

No Domingo vi o limitado time do Grêmio vencer o sofrível Palmeiras.

 

Contra fatos não há argumentos. 

 

Perdi a aposta, e reconheço que o Palmeiras não será o campeão brasileiro.

 

Algo desandou no momento em que não poderia ter desandado.

 

A explicação não é só técnica.

 

Fica claro que o relacionamento de Vanderlei Luxemburgo com o grupo de jogadores não é dos melhores.

 

Sem contar o embate desnecessário com o goleiro Marcos que deixou Luxemburgo nocauteado.

 

Também não pegou bem entre os jogadores o fato de Luxa não ter ido para a Argentina acompanhar o time pela sul-americana e aparecer sob os holofotes da TV Globo em Rede Nacional, criticando o próprio time.

 

É claro que também há aspectos técnicos que precisam ser explicados como, por exemplo, as contratações de jogadores sofríveis como Jorge Preá, Jeci, Lenny, Maicossuel e Tiago Cunha.

 

Como depender desses jogadores, indicados por Luxemburgo, quando o time está desfalcado de titulares importantes como Kleber e Diego Souza?

 

Ainda acho que o Palmeiras completo é dos melhores times do campeonato, mas o elenco desequilibrado e os fatores extra-campo tiraram o título do Palestra Itália.

 

A disputa fica entre São Paulo e Grêmio.

 

O São Paulo tem mais time, e deve vencer o campeonato.

 

O curioso é que mesmo inferior tecnicamente, o Grêmio venceu o São Paulo duas vezes na competição e não há como negar que a quatro rodadas do fim poderá conquistar um título, mesmo com uma equipe apenas razoável.

 

Coisas do futebol, em um campeonato onde as aparências enganam.